• UFRJ Nautilus

Hackathon: a maratona dos programadores


Hackathon vem da mistura das palavras hacker e marathon (maratona em inglês). É um evento onde pessoas interessadas em desenvolvimento de software, como programadores, designers e outros profissionais criam produtos funcionais para resolver um problema. No fundo, é uma grande competição de ideias. Alguns exemplos de desafios propostos em hackathons passados foram mitigar efeitos de desastres naturais, melhorar e eficiência e segurança de entregas durante a pandemia de covid-19 melhorar a rotina de caminhoneiros.


Hackathons vêm em vários tamanhos e formas, podem ser presenciais ou a distância, gigantescos com milhares de participantes de vários países ou pequenos, apenas com os funcionários de uma empresa, e normalmente duram entre 24 e 72 horas. É comum serem organizados por empresas que querem soluções para seus problemas internos, ou então por grupos especializados na organização desse tipo de evento, patrocinados por empresas interessadas em soluções. Alguns exemplos encontram-se abaixo:



As melhores ideias podem receber prêmios em dinheiro e apoio para transformar sua ideia em uma startup. E esse é o grande objetivo de um hackathon. Estimular grandes ideias que possam melhorar algo na vida das pessoas ou um setor no mercado. Alguns aplicativos conhecidos, como por exemplo o Easy Taxi nasceram em hackathons.


Em 2020, por causa da pandemia, vários hackathons fizeram desafios relacionados ao coronavírus e à quarentena. O Code the Curve, um hackathon global que aconteceu no mês de abril, propôs aos competidores 3 opções diferentes de desafios todos dentro do tema da pandemia. O vencedor geral foi a equipe X-COV. Eles desenvolveram um sistema capaz de analisar exames de raio-x toráxico de pacientes e fornecer aos médicos dados para ajudá-los a tomar decisões rápido. Esse foi o resultado de 3 dias de trabalho, juntando inteligência artificial, machine learning, reconhecimento de imagens e outras ferramentas.


Raio-X normal. UFRJ Nautilus
Raio-X normal
Raio-X Covid-19. UFRJ Nautilus
Raio-X Covid-19

Participar de um hackathon é uma experiência intensa, estressante e custa horas de sono, mas que com certeza vale o esforço. É uma oportunidade de conhecer pessoas de outras áreas, aprender a trabalhar em grupo e sob pressão, resolver problemas reais do mercado, e talvez até conseguir sair com sua própria startup. Além de tudo isso, hackathons são ambientes de inovação e colaboração e só chegar ao final de um já é uma conquista. Afinal, ter uma ideia, executar, testar, e vender essa ideia para os jurados em um final de semana não é nada fácil.


Hackaton

A ideia do hackathon também pode ser aproveitada em outros contextos. Um exemplo de evento parecido com o hackathon mas com um objetivo bem diferente é a Game Jam. Nela cada equipe tem que criar e apresentar um jogo e, embora na maioria das vezes seja voltada para videogames, também podem ser criados jogos de tabuleiro ou de cartas.


Escrito por Marina Daumas.

0 comments

Recent Posts

See All